HomeLuz da SerraTemos os relacionamentos que precisamos.

Temos os relacionamentos que precisamos.

Normalmente, é na família que encontramos os nossos maiores desafios de relacionamentos. Por ser a reunião de espíritos afins e/ou unidos por laços cármicos, vemos nos núcleos familiares grandes conflitos assim como lindas sintonias entre as pessoas. Muitas vezes, nos perguntamos: por que na família é tão difícil colocar em prática as virtudes da alma? Porque é na nossa família que estão os nossos maiores desafios com aqueles seres com os quais temos conflitos para harmonizar, aprendendo a lidar com as nossas mais difíceis inferioridades. Se a vida é uma escola, a família é a sala de aula onde estão reunidos os nossos aprendizados mais desafiadores e que, quando superados, nos fazem alcançar as nossas maiores conquistas na jornada da evolução espiritual. Então, meu amigo, nessa leitura, lhe convido a olhar os seus familiares através de uma nova ótica. Vamos olhar os significados desses conflitos e quais as mensagens que eles estão nos trazendo.

Pai, mãe, sogra, irmão, primo, seja qual for o parentesco, a maioria de nós tem uma história triste de relacionamento familiar para contar, recheada de ofensas e injustiças que nos fizeram nutrir no peito uma pesada mágoa. Não venho lhe dizer que você não tenha razão em se sentir magoado com a situação que tenha vivido, mas você já parou para refletir qual o ensinamento que esse conflito lhe trouxe? Você já olhou a situação deixando de lado os rótulos de vítima, vilão e culpado? Sim, digo isso porque cada um de nós atrai a situação necessária para que nos defrontemos com as inferioridades que precisamos trabalhar. Não existem vítimas ou culpados, apenas as situações ideais para o nosso aprendizado. As pessoas que convivem na nossa intimidade são canais que o universo utiliza para nos mostrar o que ainda precisamos melhorar em nossa personalidade. Assim como o universo, os nossos relacionamentos também são regidos pelas leis da necessidade, do merecimento, do retorno e da atração.

Você deve estar se perguntando: então eu mereço esse pai violento ou essa mãe ausente? Não leve para a ótica do castigo. Nada disso! A verdade é que estamos encarnados nesse mundo para aprendermos e evoluirmos, curando as nossas inferioridades. Infelizmente, o nosso nível de evolução espiritual ainda nos coloca na condição de aprender através da dor e, sendo assim, os conflitos veem nos mostrar aquilo que não conseguimos enxergar sozinhos. A dor nos traz alertas para mudarmos, mostrando que precisamos modificar nossos comportamentos e conceitos. Se numa determinada relação, você percebe que está sempre se magoando, a verdade é que você veio curar a sua tendência de se magoar e as pessoas com as quais você tem conflito lhe mostram essa sua condição. Em outros relacionamentos, por exemplo, você pode perceber que está sempre se sentindo usado pelas pessoas. Será que você não veio aprender a se posicionar, colocando a sua opinião e vontade em primeiro lugar? Comece a olhar os seus relacionamentos de uma nova maneira, percebendo quais as inferioridades que eles afloram em você. As pessoas não lhe aborrecem, é você quem tem raiva e intolerância e precisa aprender a lidar com elas. É por causa desse mecanismo que cada um de nós reage de uma maneira diferente diante das mesmas situações porque a nossa personalidade carrega diferentes fragilidades pessoais que precisam ser trabalhadas. Essa é a lição que você precisa aprender e, quando conseguir mudar e trabalhar as inferioridades afloradas nos relacionamentos, perceberá que tudo mudará e será possível conquistar a harmonia com as pessoas ao seu redor.

Aprenda a se relacionar com os seus familiares deixando o julgamento de lado. Descarte os rótulos de vítimas e culpados. Compreenda que o seu olhar é limitado e sempre está sob a influência do seu ego, aquele que sente raiva, que se magoa, que sente ciúmes e posse. A verdade é que precisamos olhar os relacionamentos através da ótica do espírito que compreende, respeita e aceita o seu próximo, pois sabe que por trás daquele comportamento existe uma razão para que ele aconteça. Como podemos julgar se desconhecemos os reais motivos da presença da pessoa em nossa vida? Se hoje você é descriminado, será que em outra existência não foi você quem descriminou? Se hoje você foi abandonado, será que não solicitou essa situação para conseguir curar a sua carência? Muitas são as possibilidades, mas todas elas nos levam a um só caminho: a necessidade do autoconhecimento.

Seja qual for o relacionamento que deseje curar, lembre-se que o início desse processo é dentro de você. Não estamos encarnados para modificar o outro, mas sim, para nos modificarmos e nos melhorarmos. Siga o caminho do autoconhecimento, compreendendo o porquê dos seus comportamentos, das suas tendências e fraquezas. Preocupe-se em modifica-las, melhorando-se a cada dia. Quando mudamos, o outro reage de uma maneira diferente às nossas atitudes, dissolvendo os pontos de conflitos. Tenho certeza que, quando você alcançar essa harmonia pessoal, verá cada um dos seus relacionamentos se harmonizarem. Experimente! Embarque nessa jornada pessoal e modifique as suas relações familiares.

Que tal começar esse processo com uma leitura? Sugiro o livro COMO APROVEITAR A SUA ENCARNAÇÃO. Se preferir, arrisque-se com um lindo filme: AS CINCO PESSOAS QUE VOCÊ ENCONTRA NO CÉU. Procure ajuda, busque um terapeuta Holístico ou Reencarnacionista que lhe ajude a curar seus relacionamentos através do caminho da espiritualidade. Livre-se dessas amarras e conquiste sua plenitude nos seus relacionamentos. Boa jornada!


CHAVES PARA ATIVAR O PODER OCULTO DAS ERVAS


Desperte o Poder das Ervas para a Transformação e Equilíbrio da Alma

Baixe agora o e-book completo!

 

Se você deseja ler outros conteúdos de Karina Sensales, acesse www.karinasensales.com.br

Temos os relacionamentos que precisamos.
Avalie este artigo

Aviso de Propriedade

Todos os conteúdos do site Luz da Serra são protegidos por copyright, o que significa que nenhum texto pode ser usado sem a permissão expressa de Luz da Serra Editora Ltda, mesmo citando a fonte.

A Luz da Serra é fruto do desejo dos amigos, e hoje sócios, Bruno Gimenes, Patrícia Cândido e Paulo Henrique T. Pereira, de transformar a vida das pessoas,trazendo bem-estar, saúde e prosperidade, a partir de uma nova consciência evolutiva através de paz, equilíbrio autoconhecimento e sucesso pessoal. Com mais de 15 anos de jornada, localizada na cidade de Nova Petropólis/RS, a instituição genuinamente espiritualista é referência no segmento da espiritualidade sem cunho religioso no Brasil. Mas na Luz da Serra também tem um bando de GENTE FELIZ que vive pelo mesmo PROPÓSITO: levar LUZ às pessoas! E que não estão neste mundão a passeio, gente linda que com a EMOÇÃO à flor da pele leva a MISSÃO da LUZ DA SERRA para onde for preciso, para onde precisar de mais SORRISOS!

Deixe um comentário

NENHUM COMENTÁRIO