Setembro Amarelo – Suicidio pela Espiritualidade

Setembro Amarelo representa o mês da prevenção ao suicidio. Entenda por que tirar a vida do corpo físico não é a solução e como ajudar quem sofre com isso.

Nas últimas décadas, o estilo de vida das sociedades mudou radicalmente. Estamos sempre correndo contra o tempo e esperando resultados instantâneos, sem parar para pensar no que realmente importa.

Quando perdemos nosso propósito, a vida perde o sentido e começam a aparecer doenças como a depressão, que pode levar ao suicídio. E é por causa do aumento de ocorrência desses casos que a campanha Setembro Amarelo surgiu. Ela tem como intuito prevenir e debater sobre o tema.

A Luz da Serra tem como objetivo levar luz e conhecimento às pessoas, por isso, apoiamos a Campanha. E, como forma de contribuir, preparamos essa matéria. Aqui, você vai entender mais sobre o suicídio pela visão espiritual e como proteger e ajudar aqueles que amamos.

Setembro Amarelo - Suicidio pela Espiritualidade

Campanha Setembro Amarelo

Setembro Amarelo é uma campanha brasileira de prevenção ao suicídio, iniciada em 2015. O mês de setembro foi escolhido para a campanha porque o dia 10 é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. A ideia é promover eventos que abram espaço para debates sobre suicídio. Além de divulgar o tema alertando a população sobre a importância de sua discussão.

Para se ter uma ideia do problema, a cada 45 minutos um brasileiro tira a própria vida, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Essas são mortes que, segundo especialistas, poderiam ser evitadas. A campanha Setembro Amarelo é uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida, do Conselho Federal de Medicina e da Associação Brasileira de Psiquiatria.

Por que Setembro Amarelo

A cor amarela foi a escolhida para representar o mês da campanha por causa de Mike Emme, um jovem americano que tirou a própria vida dirigindo seu Mustang 68 amarelo. Foi em 1994, quando ele tinha 17 anos.

Seus amigos e familiares distribuíram no funeral cartões com fitas amarelas e mensagens de apoio para quem estivesse enfrentando o mesmo que Mike. Essa mensagem foi se espalhando mundo afora. E os pais do rapaz iniciaram a campanha do programa de prevenção do suicídio “fita amarela”.

Significado da Cor Amarela

O amarelo lembra o sol, é a cor do poder e da materialização dos sonhos, é a que mais traz criatividade e também a que exerce certo aquecimento e agitação. Além disso, a cor amarela remete ao Om, o mantra mais importante da tradição indiana, qualificado como dourado.

Segundo a cromoterapia, pessoas muito paradas, racionais e que trancam as emoções podem utilizar o amarelo para liberar o fluxo emocional e melhorar o humor. Também pode ser usada como facilitador para demonstrarem o seu poder pessoal.

Assim, apesar do nome ter origem na cor de um carro, o amarelo tem o efeito terapêutico capaz de ajudar quem sofre com depressão e tendências suicidas. Entenda melhor os efeitos da cromoterapia aqui.

Suicídio pela Visão Espiritual

De acordo com o terapeuta e especialista em desenvolvimento pessoal, Bruno J. Gimenes, a maioria das pessoas que cometem suicídio não querem acabar com as suas vidas, mas sim acabar com os seus problemas. Elas têm uma ilusão de que, ao acabar com a dor do corpo físico, estariam acabando com a dor do espírito também.

Na cultura ocidental, temos a ideia de que tudo acaba quando o corpo físico morre. Mas a nossa consciência nunca morre. Por isso, quando a sua alma vai para outra dimensão, ela continua com os mesmos problemas de antes, somando ao fato de ter provocado a própria morte.

Se você conhece ou tem algum parente que cometeu suicídio, reze e peça por essa pessoa todos os dias. Essas pessoas vão seguir em sofrimento mesmo depois da morte. E, quando alguém comete suicídio, muda toda a energia do grupo ao qual pertencia, que tem mesma aura magnética. Por isso é importante rezar, usar mantras e mandar boas energias para elas e para a sua família.

Setembro Amarelo - Suicidio pela Espiritualidade

Técnicas para Ajudar Quem Precisa

Além de rezar e mandar boas energias para quem já tirou a própria vida, ainda podemos ajudar quem está sofrendo com depressão e outros problemas. O primeiro passo, é reconhecer essas pessoas. Não é difícil, só preste atenção naqueles que você ama.

Quando reconhecido o quadro, saiba que são quatro campos afetados: o corpo físico, o emocional, o mental e o espiritual. Para cada uma delas, há soluções diferentes.

Primeiramente, para o corpo físico, alimentação saudável e exercícios diários estimulam os hormônios de bem-estar. Em segundo lugar, para o emocional, alegria, amigos, risadas e carinhos.

Depois, para ajudar o mental, criar metas de vida que estimulem a esperança e focar nos sonhos. Também ter em mente a recuperação diária para enfrentar novos limites. E, por último, é preciso cuidar da alma contra a depressão. Para isso, contemplar a natureza, expressar gratidão e acabar com qualquer tipo de reclamação e crítica.

Existem ainda técnicas capazes de alterar a vibração energética da alma dessas pessoas. Uma delas é o Reiki e outra é a Fitoenergética, terapia complementar que usa a energia das plantas para a cura e deve ser feita com regularidade e consistência. Esse tipo de terapia trata o campo extrafísico da pessoa: sentimentos, pensamentos e possíveis influências espirituais.

Você conhece alguém com sintomas de depressão e quer ajudar? Saiba mais sobre o desenvolvimento pessoal e espiritual se inscrevendo na nossa newsletter.

Aproveite para explorar o site e conhecer nossos cursos e livros. Veja também nosso conteúdo semanal no canal Luz da Serra no YouTube. Muita luz pra você!

Luz da Serra

Luz da Serra

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de todas as nossas novidades!​

Seja Feliz, Saudável e Próspero

Sobre Nós

Luz da Serra 2020 – Todos os direitos reservados.

Informe seus dados e siga para a compra