por:Inês Maria Arrosi

De repente fui demitida… de repente, a pessoa que amo me deixou…. de repente, minha saúde ficou fragilizada… de repente, alguém de minha família entrou em conflito comigo… de repente, prejuízos financeiros….. tantos “de repente”!!!! Alguns destes “de repente” ou pior, muitos deles juntos!!!!

Aí, de repente, paro para pensar e questionar.. Estou fazendo tudo certinho… sou uma boa pessoa…. aprendi a lidar com minhas emoções (acho)… costumo agradecer… costumo orar… não faço aos outros o que não quero que façam para mim… ajudo as pessoas… procuro sempre estar com pensamentos positivos, bons…
Então por que tudo isso? É exatamente muito das coisas que não quero. Então quem contou para o universo que não quero isto? porque e ele me deu exatamente o que eu não queria.

Procuro uma resposta… demora… parece que não tem resposta. Talvez não tenha resposta. Contudo, continuo na busca desta resposta e baseado nos meus aprendizados, me vejo diante de duas situações.

a)É um legado de meus pensamentos e atitudes até então?

b)É um ajuste em meu caminho que o universo me proporciona para redirecionar minha jornada para o melhor, para aprender mais ainda e evoluir?

Analisando a primeira alternativa:

À medida que fui aprendendo sobre a espiritualidade, pude compreender o quanto é verdadeira a premissa “pensamento = sentimento = universo absorve = materialização”. Veja, dizer que o universo absorve não quer dizer que o universo entende. O universo responde conforme nossos pensamentos e sentimentos que são jogados a ele num devido espaço de tempo!

Quantas vezes em minha vida fiquei pensando? Não gosto deste trabalho, não gosto de meu chefe, não gosto de minha empresa, etc….. OU, meu companheiro não me entende, não gosto porque ele é ciumento, não gosto porque ele é nervoso, não gosto porque ele não tem paciência… não gosto porque ele se fecha, etc… OU, os políticos deveriam agir assim, o fulano agiu errado, o ciclano não tem caráter, a vida tá difícil, só tem contas para pagar, etc. OU, meu irmão só me critica e não cuida da vida dele, não adianta conversar com meus pais, eles não entendem, minha irmã não gosta de mim, etc… OU não posso comprar este carro porque não vou conseguir pagar, não posso gastar em passeios com a família porque faltará dinheiro depois, etc… e assim vai…

Bem, bingo!! Eu mesma contei para o universo do que não gostava!!!! Agora, tenho o retorno dele sob diversas formas…. é um legado do que pensei até então. O universo absorve e nos dá aquilo que pensamos. Ele não sabe a diferença do sim e do não. Ele nos dá o que pensamos e sentimos.

Como aprendi isso após começar a buscar minha evolução espiritual, só passo mensagens ao universo positivas, tento pelo menos, porque não é fácil mudar o hábito mental.

Mas também penso: que alívio! Já comecei o processo da “limpeza”. Como dito no começo do texto, aparentemente já estou tentando fazer tudo certinho e é necessário esperar a próxima colheita, que só será positiva. E mesmo que tenha alguns problemas para resolver, com certeza com minha nova compreensão e visão do que é ser um “espírito em missão aqui na Terra” , tudo será mais fácil. Resta-me então, trabalhar com estas conseqüências e aproveitar e usar isto como prática de minhas qualidades e eliminação das inferioridades. Ou seja, praticar o que aprendi até agora e aprender mais ainda para que tudo volte ao equilíbrio, ao estado natural de ser feliz.

Analisando a segunda alternativa:

O universo já começou a absorver os meus pensamentos e sentimentos positivos e está fazendo ajustes. Mas que bagunça então se recebo a manifestação de situações negativas!!! Espera, será que é assim mesmo?

Se fui demitida é porque estava em um trabalho que não gostava, um ambiente onde não poderia ser produtiva da melhor forma, trabalhava demais, não gostava de meu chefe , não me fazia gostar, era uma ilusão… Está na hora de procurar outra oportunidade que faça me sentir útil e feliz ou ser independente, gerenciar minha própria empresa e dar uma contribuição para a economia de outra forma!

Se meu amor me deixou, é porque era uma ilusão, o ciclo com esta pessoa acabou, devo refletir sobre minha forma de agir em relacionamentos e buscar a verdadeira felicidade de forma renovada. Está na hora de permitir um novo amor, mais maduro e cúmplice em minha vida!

Se fiquei doente é porque não estava cuidando de mim, não fazia exercícios físicos, não meditava. É preciso buscar o equilíbrio mental, emocional e espiritual para que o corpo fique pleno!

Se alguém de minha família entrou em conflito comigo é porque eu não os visitava, não os ouvia, deixava para resolver os problemas para depois. Está na hora de conversar mais, de curtir mais a família, de não mais fugir de situações, de ouvir mais, de contribuir mais!

Se fiquei financeiramente em situação crítica é porque não mais acreditava , porque duvidava da prosperidade que é para todos, porque ficava com medo do amanhã. Então é hora de verificar minha fé, trabalhar meus sonhos, acreditar neles, eliminar os medos e dúvidas, planejar e determinar metas!

Para qualquer destes motivos não tive coragem para mudar minhas atitudes, então a vida tomou a atitude por mim. Ainda bem que não foi assim tão trágico…. que tudo pôde e ainda está sendo trabalhado. Já pensou se alguém do meu convívio morresse ou mesmo eu sem nada ter percebido?

Quantos não partem assim e precisam voltar em novas encarnações com muito mais bagagem para aprender e refazer as lições não feitas na vida anterior?

E você como se encontra? Como anda sua evolução? Fique atento, acorde e perceba o que você lê, o que vê, o que acontece no seu ambiente e com as pessoas que convivem com você, o que vem até você das mais diversas formas de comunicação, mas principalmente atente para o que você pensa e sente e o que acontece consigo mesmo. Não se acomode, procure e perceba os sinais para novos caminhos!

por: Inês Maria Arrosi

Terapeuta Holística

Fale com Inês, envie seu comentário:
[email protected]

Posts Relacionados

Seja Feliz, Saudável e Próspero

Sobre Nós

Luz da Serra 2020 – Todos os direitos reservados.

X