HomeLuz da SerraOrganização, ética e integridade: ingredientes para uma vida próspera

Organização, ética e integridade: ingredientes para uma vida próspera

A prosperidade, a organização, a integridade e a ética andam de mãos dadas. Quando uma se ausenta as demais não têm poder sozinhas.

Muito já discorri em artigos anteriores acerca da importância do foco, no objetivo a ser alcançado, do pensar e sentir-se próspero, deixando de focar na escassez. Contudo, algumas características imprescindíveis não podem faltar no coração e na mente de quem quer sucesso para sua vida.

Quando se fala em prosperidade muitos acreditam que atingir este estado não é para todos, que quem é assalariado ou tem o valor recebido mensalmente comprometido não conseguirá. Enxergam a prosperidade como algo distante.

Mas será que já pararam para pensar em como estão levando a vida? Estão sendo corretos em suas escolhas e decisões? Agindo com ética e integridade ou lesando terceiros e a si próprios para tirar proveito econômico ou moral?

Em primeiro lugar é preciso crer que a prosperidade, não somente financeira, mas também pessoal e profissional é um direito nato de todos nós. Encarnamos para felicidade plena e equilíbrio, porém, muitas vezes nossas atitudes nos conduzem para um caminho inverso.


CHAVES PARA ATIVAR O PODER OCULTO DAS ERVAS


Desperte o Poder das Ervas para a Transformação e Equilíbrio da Alma

Baixe agora o e-book completo!

Entretanto, em muitos casos quando a prosperidade começa surgir, muitos sentem-se culpados, querendo dizer aos familiares, amigos, que estão sem dinheiro, esconder sua realidade, diante da crença negativa que dinheiro é algo sujo e ruim. Ou, ainda, contam para quem está próximo, como sua vida é triste e miserável, fazendo-se de vítimas das situações. Isso apenas afasta o estado de estar próspero.

Nesta senda, em primeiro lugar é preciso ser ético e íntegro, para si e para o próximo. Não conseguiremos manter por muito tempo a falsa impressão de que atuamos com ética profissional, pessoal e familiar se na verdade não colocamos em prática o que dizemos ser correto. A pessoa ética não tenta tirar vantagens das situações que lhe são apresentadas a fim de se beneficiar econômica ou moralmente. Compreende que a lei do retorno não falha, pois não se pode enganar o Universo, e a intenção de beneficiar-se prejudicando terceiros, apenas afasta a prosperidade.

Vemos tantas ações judiciais em que as pessoas buscam simplesmente danos morais, em desfavor de empresas e pessoas físicas, alegando simplesmente constrangimento com fatos muitas vezes sem importância. Ademais, porque será que a pessoa teve que passar por determinado constrangimento? Será que não foi para aprendizado? Mas ocorre o contrário, busca-se indenização, o que a meu ver, na maioria das vezes, é uma forma ilícita de ganhar em prejuízo alheio.

Outros vibram apenas na vitimização, crendo que mereceriam ganhar mais, que seu emprego é ruim, que não são reconhecidos. Mas o que estão fazendo para melhorar a vida? Só esperar o Universo lhe enviar prosperidade sem fazer sua parte, é tempo perdido.

Ao pensar em tirar proveito de determinada situação é preciso pensar: Eu gostaria que fizessem isso comigo? Porque estou agindo dessa forma?

Em segundo lugar, é necessário ser prático, ou seja, gastar menos que se ganha, bem como ter ciência da entrada e saída mensal.

Ora, como o Universo me enviará mais prosperidade se sequer consigo administrar o que possuo? Como vou receber dinheiro, promoção, sucesso se gasto mais do que recebo?

Para modificar a vida financeira, organização é a palavra chave, pois podemos considerar bagunça como o antônimo de prosperidade. É importante colocar no papel o que ganhamos, o que gastamos, ou seja, todos os gastos mensais, verificando o que pode ser eliminado das despesas diárias até se equilibrar. Porém, ao fazer isso, não podemos nos sentir privados, mas compreender que é uma forma de organizar, a fim de melhorar as condições para o futuro e consequentemente atrair prosperidade. Com a organização, a preocupação é tirada da mente e modifica-se o pensamento negativo e o medo da escassez.

Gastar e dizer apenas “Depois o Universo me ajudará, mandará mais dinheiro”, não é prudente, principalmente se a pessoa não estiver fazendo a parte dela.

Quando nos organizamos, sem medo ou com pena de pagar as contas mensais, que são benções e além de tudo, movimentam o dinheiro, que é energia, e não deve estar parado, o Universo se encarregará de mostrar-nos outros meios para modificar a realidade atual.

É possível que você tenha novas ideias, apareçam formas de receber valores em dinheiro, receber uma promoção no emprego, um presente inesperado. Até mesmo o fato de comprar um produto com um grande desconto mostra que o Universo está nos ajudando, porém, muitas vezes sequer prestamos atenção a isso.

Desta forma, lembre-se que você possui o poder de fazer suas próprias escolhas seja em relação a questão financeira ou outra área da vida, porém, em todas elas agindo com ética, integridade e organização você terá uma vida de sucesso e prosperidade.

 

Organização, ética e integridade: ingredientes para uma vida próspera
Avalie este artigo

Aviso de Propriedade

Todos os conteúdos do site Luz da Serra são protegidos por copyright, o que significa que nenhum texto pode ser usado sem a permissão expressa de Luz da Serra Editora Ltda, mesmo citando a fonte.

A Luz da Serra é fruto do desejo dos amigos, e hoje sócios, Bruno Gimenes, Patrícia Cândido e Paulo Henrique T. Pereira, de transformar a vida das pessoas,trazendo bem-estar, saúde e prosperidade, a partir de uma nova consciência evolutiva através de paz, equilíbrio autoconhecimento e sucesso pessoal. Com mais de 15 anos de jornada, localizada na cidade de Nova Petropólis/RS, a instituição genuinamente espiritualista é referência no segmento da espiritualidade sem cunho religioso no Brasil. Mas na Luz da Serra também tem um bando de GENTE FELIZ que vive pelo mesmo PROPÓSITO: levar LUZ às pessoas! E que não estão neste mundão a passeio, gente linda que com a EMOÇÃO à flor da pele leva a MISSÃO da LUZ DA SERRA para onde for preciso, para onde precisar de mais SORRISOS!

Deixe um comentário

NENHUM COMENTÁRIO