HomeLuz da SerraConflitos em família

Conflitos em família

Comumente ouvimos nas famílias relatos de discussões, comentários que resultam em conflitos. Por exemplo:

Brigas com a(o) sogra(o): “aquela mulher não sabe o que diz, o quanto machuca as suas palavras, porque se soubesse não faria isso!” “Ela quer se meter na minha vida e do meu marido…” “Fica fazendo joguinhos de manipulação e eu caio!” “Ela tem preferência pelo outro filho…” “Ah, esse não é o melhor jeito de criar meu neto!” “Ela não cozinha igual a mim.” “Fulano não vem me visitar…” Entre outros.

Conflitos sobre quem cuida da vó ou vô: “vamos nos reunir, porque assim não dá, não consigo mais cuidar do vô sozinho!” “Cansei de ficar com aquele velho ranzinza que ninguém gosta e nem visitam no seu dia de aniversário!” “Não aguento mais receber ordens, as coisas tem que ser do seu jeito, nada está bom!” “Precisa da nossa ajuda mais mesmo assim ainda é orgulhoso e controlador!”  Entre outros.

Conflitos entre cunhadas (os): “Nossa como fulana está gorda!” “Amorzinho, você já percebeu que a sua mãe só presta atenção nas coisas que seu irmão faz? Para você, ela nem nota o que está acontecendo?” “Ela gosta mais do fulano do que do beltrano.” “Cuidado, fulano não é tão teu amigo assim…” Entre outros.

Conflito entre irmãos (as): “temos o mesmo direito, porque ele ganha mais?” “meu irmão é o queridinho do papai…” “Meu pai queria que eu fosse um menino…” “Porque sempre o fulano vem primeiro?” “Oi fulano, olha o carro que eu comprei! Você viu a casa com piscina que ele comprou!” “Quero arrumar um emprego como o seu!” Entre outros.

Conflito entre primos (as): “Não estou a fim de conversar, então nem chega perto!” “Onde você está trabalhando? Ah… Você trabalha lá?!” “Uau primo… Você está rico ein?” “Você viu a fulana? Fiquei sabendo que…” “Nossa, beltrano é muito grosseiro e arrogante!” Entre outros.


CHAVES PARA ATIVAR O PODER OCULTO DAS ERVAS


Desperte o Poder das Ervas para a Transformação e Equilíbrio da Alma

Baixe agora o e-book completo!

Quando a discórdia é semeada

Acima citei apenas alguns exemplos que são comuns de se escutar em uma roda de conversa entre amigos, que se queixam da sua família, no trabalho, que abrem o verbo falando em alto e bom tom para qualquer um que queira ouvir o quanto fulano ou beltrano são uma desgraça na família, ou até mesmo, em uma reunião familiar semeiam a discórdia falando mal de quem nem sempre está junto. É engraçado observar a postura das pessoas da família, algumas fazem questão de se expressar de maneira pejorativa em relação aos parentes para pessoas que não são da sua família, enquanto que outras, falam mal entre si, mas se defendem veementemente para as pessoas que não são da família.

Precisamos mudar agora.

É chegada a hora de sairmos dessas ideias de vítima, coitados, vilões, culpados… Lembremos, família é a reunião de seres por laços de resgate e afinidade, portanto há tudo de bom e nem tanto reunido em um mesmo seio familiar. Uma coisa é fato, se você nasceu nela, há algo que você precisa aprender com essas pessoas! Muitas vezes olhamos há primeira vista e achamos que somos as vítimas da história, quando na verdade estamos apenas colhendo o que plantamos anteriormente, até mesmo em outras existências. Às vezes se trata de apenas saber falar, dar limites a tudo o que está acontecendo, saber se impor. Outras vezes, estamos diante do aprendizado de saber aceitar as pessoas como são, não querendo mudar elas, moldar elas ao nosso jeito de ser. Outras vezes, somos nós quem devemos mudar nosso comportamento, pois se ninguém nos procura, ou seguidamente reclamam de nós é porque algo precisa ser no mínimo questionado quanto ao seu jeito de ser.

Muita atenção aos laços familiares.

Laços familiares são poderosos! Não se rompem em uma vida. Por mais que briguem irmãos, briguem pais e filhos, não existe ex pai, ex mãe, ex filho, ex irmão! Aceitar a família em que nascemos é muito importante. Respeitar cada integrante dela, nas suas limitações de cada faixa etária percebendo que ninguém gosta de ser ranzinza ou controlador é fundamental. Muitas das vezes manipula-se porque somos carentes, queremos atenção. Muitas vezes tomam-se atitudes nem sempre bacanas porque não reconhecemos o que verdadeiramente nos incomoda naquela pessoa.

A escolha da família.

É preciso se questionar: Por que num universo com bilhões de pessoas escolhemos vir filho(a) desse pai e dessa mãe? Por que escolhi vir com esses irmãos? Por que decidi vir filho do resultado de uma união fora do casamento? Por que precisei ser adotado? Por que atraí essa sogra, esse cunhado (a)? O que tenho a aprender com eles e eles comigo?

Família: uma escola.

Ser humilde dentro de uma estrutura familiar, que se assemelha a uma escola é necessário para nós identificarmos os nossos aprendizados que temos que sanar ali. Os aprendizados podem ser de mais paciência, de amor incondicional, de tolerância, de aceitação, de orgulho, de doação, de dar limites e dizer não, de desapegar… Procure perceber o que a sua família aflora de sentimentos em você e entenda que quando estamos reunidos em um mesmo grupo de nascença é ali que muitos aprendizados surgirão, fique atento ao que você sente e assim, compreenderás mais o porquê de teres vindo nessa família.  

A receita.

Saber ouvir é uma habilidade a ser desenvolvida dentro da família. Ouvir as pessoas, mas ouvir seu coração é fundamental. Criticar não ajuda em nada. E se fosse você? O que você faria? Tudo pode ser dito, desde que seja com amor, carinho e respeito. Não existe injustiça acontecendo, existe um aprendizado pedindo passagem. Vamos exercitar a capacidade de ter paciência? Não há nada que não possa ser melhorado, depende só de nós! Caso não consiga resolver o que lhe incomoda, que tal pedir ajuda? Uma opinião neutra ajuda, regressão pode ser a solução para sua libertação, porém, o mais importante é mudar a sua forma de ver a situação e a pessoa, desenvolvendo um olhar de compaixão, pois, na maioria das vezes as pessoas fazem muito mais mal a si mesmas do que aos outros. Pense nisso.

Conflitos em família
3.7 (73.33%) 3 vote[s]

Aviso de Propriedade

Todos os conteúdos do site Luz da Serra são protegidos por copyright, o que significa que nenhum texto pode ser usado sem a permissão expressa de Luz da Serra Editora Ltda, mesmo citando a fonte.

A Luz da Serra é fruto do desejo dos amigos, e hoje sócios, Bruno Gimenes, Patrícia Cândido e Paulo Henrique T. Pereira, de transformar a vida das pessoas,trazendo bem-estar, saúde e prosperidade, a partir de uma nova consciência evolutiva através de paz, equilíbrio autoconhecimento e sucesso pessoal. Com mais de 15 anos de jornada, localizada na cidade de Nova Petropólis/RS, a instituição genuinamente espiritualista é referência no segmento da espiritualidade sem cunho religioso no Brasil. Mas na Luz da Serra também tem um bando de GENTE FELIZ que vive pelo mesmo PROPÓSITO: levar LUZ às pessoas! E que não estão neste mundão a passeio, gente linda que com a EMOÇÃO à flor da pele leva a MISSÃO da LUZ DA SERRA para onde for preciso, para onde precisar de mais SORRISOS!

Deixe um comentário

NENHUM COMENTÁRIO