HomeLuz da SerraABUSO SEXUAL NA INFÂNCIA: UMA VISÃO ESPIRITUAL

ABUSO SEXUAL NA INFÂNCIA: UMA VISÃO ESPIRITUAL

Muitas pessoas têm me enviado e-mails e mensagens pedindo um texto sobre esta temática, e por isso decidi escrever.

Todos os dias acompanhamos nos noticiários as tristes histórias de crianças que passam por situações de abuso e violência sexual dentro de suas próprias casas, no seio do lar, o lugar sagrado que deveria transmitir segurança, aconchego e amor. São histórias terríveis que causam pavor em mães e pais de crianças pequenas que se esmeram para dar a melhor educação, e também as melhores coisas da vida.

Muitas vezes ouvimos por aí as expressões de espanto e perplexidade, de pessoas dizendo:

– Como a própria mãe ou o próprio pai são capazes de fazer isso com seu filho? Como são capazes de bater? Como são capazes de submeter seres inocentes a tal barbárie?

Se tentarmos enxergar o assunto com uma visão terrena, jamais seríamos capazes de compreender o que leva um ser humano a cometer tais atrocidades, mas quando temos visão de eternidade, tudo se torna mais fácil de ser compreendido, em qualquer área da nossa vida.

        Nos meus anos de terapeuta no consultório de terapia holística, sempre me esmerei para atender a quem precisava de ajuda, sem julgamentos e por isso atendi tanto abusados quanto abusadores e sempre procurei ajudar sem julgar, procurando levar a pessoa para um outro patamar de consciência, fazendo-a perdoar-se pelos erros do passado e procurar construir um novo futuro.


CHAVES PARA ATIVAR O PODER OCULTO DAS ERVAS


Desperte o Poder das Ervas para a Transformação e Equilíbrio da Alma

Baixe agora o e-book completo!

        Quando eu trocava ideias com colegas em cursos e seminários – claro, sempre preservando a identidade dos consultantes – eles ficavam assustados com o fato de eu atender um abusador… e diziam para eu dispensar a pessoa, dar um jeito de fugir disso pois eu poderia correr riscos. Mas eu nunca desisti dos meus consultantes e sempre quis ajuda-los, pois se eu conseguisse, seria mais uma pessoa recuperada socialmente e que não iria mais colocar outras pessoas em risco. E medo eu nunca tive mesmo, chegando ao ponto de atender pessoas bem perigosas, mas que queriam se reformar. E realmente, prefiro uma pessoa perigosa que tenha o desejo de se recuperar do que uma pessoa vista pela sociedade como “boazinha”, mas que é maledicente, mal intencionada e que vê maldade em tudo.

        Veja bem, não estou aqui defendendo o ato do abuso, pois acho abominável, terrível, traumático e excessivamente doloroso para quem sofre, para quem comete, para as famílias que precisam lidar com isso e para o mundo.

        O que defendo é que tanto para quem cometeu esse ato terrível e para quem foi vítima, é preciso olhar para a frente, mirar no futuro, pois senão fica impossível viver.

Certa vez entrou em contato comigo uma conhecida distante, que foi abusada pelo avô, e ela está brava e com raiva deste fato desde que tinha seis anos. E ela já está com quase cinquenta anos, ou seja, perdeu uma vida inteira com um fato que é doloroso, mas que poderia ter sido superado. Hoje, ela poderia ser feliz, ter uma vida boa, mas não consegue porque lembra desse fato todos os dias de sua vida. Eu até falei com ela sobre a visão de eternidade, mas ela prefere os antidepressivos, pois é mais fácil dopar, esconder do que reformar, fazer a verdade vir à tona e ressignificar essa questão. Através das Psicoterapias que abordam a temática das vidas passadas, na maioria das vezes as respostas são encontradas, as curas e transformações acontecem quando há um entendimento mais profundo das razões que explicam porque esse fato aconteceu.

Muitos abusadores são alcoólatras, drogados, pessoas com desequilíbrios e patologias mentais, que se justificam com a terrível ideia de que eles mesmos devem fazer a iniciação sexual dos seus filhos, pois afinal de contas, o filho ou filha é “dele” como se lhe pertencesse e fosse lhe outorgado esse direito de uma primeira vez. E em todas as psicopatias, o indivíduo encontra uma justificativa para endossar as monstruosidades que atormentam a sua personalidade doentia. Então eu lhe pergunto: – O terapeuta deve se afastar ou deve ajudar uma pessoa assim? Quando o terapeuta toma a decisão de atender profissionalmente, deve se despir de julgamentos e ajudar a quem precisa. E essas pessoas são as que mais precisam, até porque representam um enorme perigo para a sociedade!

E como estamos na Terra, o abusador precisa fazer seu ajuste de contas com as leis daqui, seja indo para a prisão ou seguindo as leis do país onde o crime aconteceu. E a questão do abuso é muito relativa, pois em países do Oriente Médio, as meninas se casam aos sete ou oito anos, com homens de trinta, quarenta anos. No mínimo revoltante, mas lá é uma tradição milenar encarada com muita naturalidade. E as famílias, as meninas, o noivo ficam extremamente felizes com tudo isso.

E quanto à vítima? O que fazer? Um bom caminho seria ajudá-la, com visão de eternidade, a compreender quais foram os motivos pregressos que criaram um ponto de atração com o abusador e que os levaram a encontrar-se nessa vida atual.

Lembro de muitos casos de regressão e de outras técnicas, onde, compreendendo o passado, muitas crianças e adultos que atendi conseguiram de vez fazer as pazes com o passado e aprender a olhar para o futuro, pois a vida é muito rara para desperdiçarmos-la com mágoas e tristezas.

Tenha certeza de algo que é uma lei natural: tudo o que acontece em nossa vida é o resultado de nossas escolhas passadas, seja dessa vida ou de outra, e essas escolhas só podem ser resolvidas e sanadas aqui na Terra, onde existe a densidade ideal para curarmos o nosso espírito.

Sempre que você pensar : Ele não poderia ter feito isso comigo… Pense que muitas vezes em vidas passadas você já matou, já morreu, já foi cruel com crianças e adultos, com animais, já foi anjo e demônio.

Longe de mim ter uma atitude conformista e quem me conhece sabe que não sou assim em nenhum aspecto, mas como a vida aqui na Terra é uma ilusão da matéria, não nos resta outro caminho além de compreender, perdoar e pedir perdão.

A pedagogia disponível aqui por este planeta é a pedagogia da dor e do sofrimento e eles são necessários para o nosso desenvolvimento pessoal e somente você pode escolher até quando quer sentir a dor. Para quem aprende rápido a dor é bem menor.

A grande escritora e ícone da autoajuda Louise Hay conta sua história dizendo que foi abusada sexualmente dos cinco anos de idade até a sua adolescência dentro da sua própria casa, mas superou tudo isso e se tornou uma das maiores escritoras do mundo e fala sobre autoestima e cura da alma.

Tudo é uma questão de força interna e superação.

Quando algum problema, qualquer que seja, se apresentar, conte com você mesmo e seja prático com suas emoções, procure ajuda, e resolva, pois quando aprendemos rapidamente, a dor é menor.

É um ato terrível, mas as fatalidades acontecem na vida, e precisamos superá-las!!!

Não procrastine a sua felicidade, enfrente os fatos de cabeça erguida e tome uma atitude positiva, neste momento!

 

Grande Abraço!

Patrícia.

 

 

ABUSO SEXUAL NA INFÂNCIA: UMA VISÃO ESPIRITUAL
3 (60%) 2 votes

Aviso de Propriedade

Todos os conteúdos do site Luz da Serra são protegidos por copyright, o que significa que nenhum texto pode ser usado sem a permissão expressa de Luz da Serra Editora Ltda, mesmo citando a fonte.

A Luz da Serra é fruto do desejo dos amigos, e hoje sócios, Bruno Gimenes, Patrícia Cândido e Paulo Henrique T. Pereira, de transformar a vida das pessoas,trazendo bem-estar, saúde e prosperidade, a partir de uma nova consciência evolutiva através de paz, equilíbrio autoconhecimento e sucesso pessoal. Com mais de 15 anos de jornada, localizada na cidade de Nova Petropólis/RS, a instituição genuinamente espiritualista é referência no segmento da espiritualidade sem cunho religioso no Brasil. Mas na Luz da Serra também tem um bando de GENTE FELIZ que vive pelo mesmo PROPÓSITO: levar LUZ às pessoas! E que não estão neste mundão a passeio, gente linda que com a EMOÇÃO à flor da pele leva a MISSÃO da LUZ DA SERRA para onde for preciso, para onde precisar de mais SORRISOS!

Deixe um comentário

1 COMENTÁRIO
  • Ada oliveira / 22/03/2018

    Tudo nessa vida e consequência dos nossos atos quando nao são cobrados em.outra vidas elas aparecem na próxima até obtermos evolução e pra quem não entende , não existe morte , é como.fizem.a vida continua só que em.outeo corpo e uma casca renovada u.nascimento que surge observe cada um que morre na familia um já engravida ou jabdeua luz proximo ao falecimento de um ente querido isso vc só vai entender ou só é compreendido quando vc alcança uma sabedoria complexas ali o teu próprio eu fala tudo e faz vc acreditar em tudo oq Deus te mostra cada etapa é um estudo cada ato e communicado no teu subconsciente e ele automaticamente te prepara por isso chamamos de sábios aqueles que já alcançaram esse grau de entendimento é sim uma conta cobrada no passado ou seja você se vingança ou se ela se eleva digo esse tema de abuso infantil,
    A dor da morte e tal qual a dor para a vida ou nascimento de um ser No outro plano pra vir pra cá e doloroso Como.o de morrer para nós Tudo isso é um explicativo lógico e absoluto como.parte da natureza de Deus Como exe.olo temos vidas além.tumulo que são os chamdaos ets são evoluídos e já sabem se regerarem automaticamente te quamdo sentem a velhice nosso caso já é mais primitivo
    Isso é um pouco do meu conhecimento que posso passar ao público
    bom aprendizado