HomeLuz da SerraA História do SEICHIM de acordo com Patrick Zeigler

A História do SEICHIM de acordo com Patrick Zeigler

Na Grande Pirâmide Giza Patrick viajou para o Egito em 1979 para cumprir um sonho de infância: dormir na Grande Pirâmide de Giza. Patrick visitou a Pirâmide e achou uma abertura pequena à esquerda da câmara do Rei criada por ladrões que tinham tentado entrar pela parede que cerca a câmara. Então, o portão que cobria a abertura foi destrancado. Patrick entrou sem saber onde estava se conduzindo, mas concluiu que esse era o túnel onde se esconderia.

Depois de gastar algum tempo meditando nas Câmaras do Rei e da Rainha, Patrick deixou as pirâmides para preparar sua volta no próximo dia. Ele começou a jejuar e voltou à Pirâmide na manhã seguinte com uma bolsa contendo o que ele precisava para passar a noite. Foi diretamente para o túnel e quando ninguém estava olhando, começou a rastejar, entrando. O túnel era bastante estreito e inclinado para cima. Patrick escondeu-se em uma das câmaras próximas à Câmara do Rei e ficou lá, meditando.

Após a pirâmide ser liberada de turistas, foi fechada durante a noite. Então, Patrick saiu de seu esconderijo e empunhando uma lanterna, encaminhou-se para a Câmara Real. Ele caminhou em torno do sarcófago de granito fechado, e descobriu sua abertura quando bateu em uma pedra a seu lado e ressoou a batida como um gongo muito fundo, abrindo a tampa do sarcófago. Nesse ponto, ele entrou no sarcófago e colocou a pedra no lugar.

Tentou ficar em silêncio e ouviu um zumbido, que reconheceu como sendo de mosquitos. Enrolou-se em papel higiênico para se proteger, ficando semelhante a uma múmia. Patrick agora podia aquietar-se e meditar.

Logo, Patrick começou a ouvir sons que pareciam ser passos vindos da galeria principal. O som continuou chegando mais perto, e ele resolveu esperar, para evitar ser descoberto.

Ninguém acendeu as luzes, e Patrick percebeu logo que o motivo era que o som provavelmente não era humano. Isso acontecia e sentiu uma onda de medo penetrando em seu corpo, quase o subjugando. Embora ele tivesse estado em situações perigosas antes, este medo era diferente e não ia embora.


CHAVES PARA ATIVAR O PODER OCULTO DAS ERVAS


Desperte o Poder das Ervas para a Transformação e Equilíbrio da Alma

Baixe agora o e-book completo!

Sentiu então que uma presença entrou no quarto e o som de passos pulsou ao longo da Câmara. Da forma que Patrick olhou para a escuridão, um vórtice girando de luz azul elétrica surgiu e pairou em cima dele. Algo falou-lhe que isto estava acontecendo por que ele tinha vindo, e ele mergulhou no próprio medo assegurando-o que não tinha medo.

Patrick pensou, “Faça o que você tem que fazer”, e nesse momento, a luz entrou em seu coração. Naquele momento, o silêncio era total, e Patrick desejava saber se ainda estava vivo. Ainda o coração dele sentia-se tão expansivo, e o som que vinha agora era idêntico ao que tinha sentido na Câmara. Patrick gastou o resto da noite em um estado de plena felicidade, calma, enquanto meditava na energia azul elétrica no seu coração que rodopiava como uma figura no infinito.

Pela manhã, Patrick voltou pelo túnel ao seu esconderijo antes da Pirâmide ser aberta durante o dia. Ele meditou até sentir que estava na hora de sair e misturar-se a um grupo de turistas que deixavam a Pirâmide. Patrick estava coberto de um pó branco brilhante da Pirâmide e buscou sair logo, antes que percebessem que havia pernoitado ali. Os guardas o viram e perceberam que havia passado a noite na Pirâmide. Fingiu que não entendia o idioma e entrou em um ônibus que estava partindo, indo direto para seu hotel. No hotel, olhou para si e percebeu o pó branco brilhante que o cobria da mesma forma como se uma grande bolsa de farinha tivesse sido derrubada nele. Mais tarde aprendeu que esse mesmo pó é usado na Índia para promover curas e poderes espirituais.

Avalie este artigo

Aviso de Propriedade

Todos os conteúdos do site Luz da Serra são protegidos por copyright, o que significa que nenhum texto pode ser usado sem a permissão expressa de Luz da Serra Editora Ltda, mesmo citando a fonte.

A Luz da Serra é fruto do desejo dos amigos, e hoje sócios, Bruno Gimenes, Patrícia Cândido e Paulo Henrique T. Pereira, de transformar a vida das pessoas,trazendo bem-estar, saúde e prosperidade, a partir de uma nova consciência evolutiva através de paz, equilíbrio autoconhecimento e sucesso pessoal. Com mais de 15 anos de jornada, localizada na cidade de Nova Petropólis/RS, a instituição genuinamente espiritualista é referência no segmento da espiritualidade sem cunho religioso no Brasil. Mas na Luz da Serra também tem um bando de GENTE FELIZ que vive pelo mesmo PROPÓSITO: levar LUZ às pessoas! E que não estão neste mundão a passeio, gente linda que com a EMOÇÃO à flor da pele leva a MISSÃO da LUZ DA SERRA para onde for preciso, para onde precisar de mais SORRISOS!

Deixe um comentário

NENHUM COMENTÁRIO