HomeLuz da SerraVocê tem medo de trocar o certo pelo duvidoso?

Você tem medo de trocar o certo pelo duvidoso?

Você já usou a frase “não troque o certo pelo duvidoso” ou “quero um emprego/renda estável”? Parece algo inocente ou sensato, não parece?! O problema é que é o contrário disso. Descobra a relação dessas frases e do medo no vídeo abaixo ou continue lendo.

Como vencer o medo de trocar o certo pelo duvidoso?

Por que as pessoas querem um emprego seguro? Porque elas só fazem uma poupança com o pensamento de “se um dia eu precisar estará lá”? A emoção por trás desses pensamentos e das expressões “não troque o certo pelo duvidoso” e “antes o certo que o duvidoso” é simplesmente o medo do novo, de arriscar algo. O sentimento de precaução é importante na sua vida, porém não devemos ser guiados por ele sempre.

O “certo” é a zona segura, porém se você focar somente nesse sentimento você fica estagnado. É normal se sentir desconfortável ao fazer algumas coisas, e isso é necessário. Trocar sempre o “certo” pelo “duvidoso” acaba impedindo a pessoa de se arriscar, e com isso nunca poderá ficar rica, por exemplo.

Quem usa essas expressões são pessoas “medrosas”, uma mentira que foi contada e apenas estão repassando para a frente.

Você tem medo do duvidoso?

Sua estrutura deve ser feita para não ter medo, e não para evitar as coisas que podem te fazer sentir medo. As coisas só são duvidosas se não estiverem alinhadas com sua missão de vida, o que você quer do mundo.

A maioria das coisas que estão alinhadas com esses pontos na sua vida e consideradas duvidosas, não o são. Na verdade, apenas se mostram trabalhosas.

Quando foi a última vez que você se sentiu um estudante começando na escola quando você começou um novo projeto? Se a resposta for “faz tempo” você não está vivendo sua vida do jeito que você gostaria, apenas no que você acredita ser “seguro”.

Não tem como progredir na vida se você evitar entrar em projetos grandes apenas por “medo” de algo dar errado, e pensar desse jeito te impede de entrar em projetos que poderiam mudar a sua vida, mas que você evita por causa desse “medo”.

Ficar focado no medo estagna a vida da pessoa. A precaução deve ser usada para não ter medo, e não para evitar os problemas comuns da vida.

Como perder o medo

Seguir o que você acredita, sair da zona de conforto e fazer o que seu coração manda mesmo que sua mente te diga que “não vai dar certo” ajuda o corpo e evita a depressão. A energia acumulada é gasta no que você gosta, e isso libera serotonina no seu corpo, o que te deixa mais relaxado.

Como dizem, motivação sem ação não é nada. Você nunca vai pra frente se não sair da sua zona de conforto, e não adianta ter força e motivação se você não fizer nada, se acomodando. Se algo tiver alinhado com o que você quer, com o seu propósito na vida, com o que seu coração bate mais forte, essa sensação de insegurança na verdade vira motivação.

O que você acha agora da expressão “não trocar o certo pelo duvidoso”? Mande suas percepções nos comentários. Um grande abraço e muito luz!

Bruno Gimenes e Redação Luz da Serra

Aviso de Propriedade

Todos os conteúdos do site Luz da Serra são protegidos por copyright, o que significa que nenhum texto pode ser usado sem a permissão expressa de Luz da Serra Editora Ltda, mesmo citando a fonte.

Um dos responsáveis pela expansão da Espiritualidade no Brasil, é personalidade referência nesta área, além de Diretor de Conteúdo e Cofundador da Instituição Luz da Serra. É professor, palestrante com mais de 1800 palestras realizadas e autor de 16 livros (dois deles já entraram diversas vezes no ranking dos mais vendidos da revista Veja). Bruno Gimenes é destaque nas redes sociais produzindo vídeos no canal Luz da Serra no YouTube, que já ultrapassaram a barreira dos 31 milhões de visualizações ao ano. Mais de 25 mil alunos já participaram de seus cursos e treinamentos online.

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe um comentário

Qual é o caminho da sua missão?

Faça o teste e descubra se você está no caminho certo da sua missão!