HomeFitoenergéticaRaiva – é possível controlar?

Raiva – é possível controlar?

Ser uma pessoa agressiva é considerada o “barraqueiro”, aquela pessoa que dá “piti”, alguém com quem as pessoas têm medo de falar as coisas, pois pode explodir na hora. Acompanhe, que hoje a gente vai falar sobre raiva.

Raiva humana

Bom, para falar de agressividade posso falar de nós mesmos, né? Porque eu, por exemplo, sou um case de sucesso, uma pessoa que conseguiu se transformar muito nesse aspecto. Nascida no signo de Áries com ascendente em Áries, então tenho duplamente Marte no Mapa Astral. Marte é o deus da guerra, no jeito de pensar e no jeito de agir. Então vocês devem imaginar que quando eu era criança, era bem agressiva. Inclusive o apelido era Mônica, porque batia em todo mundo na escola.

Qualquer coisinha me irritava muito quando era criança. Inclusive, pessoas que tenham muitos pontos do elemento fogo no Mapa são mais explosivas, mais voláteis. Então, desde criança sempre houve muita agressividade: na hora de falar, na hora de agir e na hora de lutar pelas minhas coisas.

Lembro que no dia da minha Primeira Comunhão, enquanto me preparava vi aquela passagem da Bíblia que falava em “dar a outra face”. Eu pensava: “Nossa como Jesus é bobo, né? Em vez de dar porrada nos outros, vira a cara para bater do outro lado”. Na época, eu tinha uns 8 a 9 anos. E o lema era: não, tem que ir lá e revidar, tem que ir lá e devolver aquilo! Isso era uma coisa que estava muito forte em minha personalidade, de ir e devolver, e revidar. Isso me causou muito sofrimento, até passar a adolescência, até a fase adulta, porque sempre tinha essa coisa de revidar, de
rebater, não era uma questão de vingança, mas era de se defender mesmo, defender os direitos, o que eu pensava e achava.

Seria pura imaturidade?

E depois de sofrer tanto, tem um ponto que pode ser chamado de “a hora de dobrar o joelho”. É quando você dobra o joelho e diz: Deus, eu não aguento mais sofrer, preciso fazer alguma coisa em relação a isso. E aí você morde o seu orgulho e vai buscar ajuda, conselhos, orientação para ter mais paz na vida.


CHAVES PARA ATIVAR O PODER OCULTO DAS ERVAS


Desperte o Poder das Ervas para a Transformação e Equilíbrio da Alma

Baixe agora o e-book completo!

Afinal, uma pessoa agressiva não tem paz. Não tem sossego, está sempre com um agito interno, está sempre ansiosa. É como o fogo mesmo, elemento volátil, que se balança para lá e para cá e é difícil de se controlar; seria esse fogo interno.

raiva 1

Já ciente disso, fui buscar terapia, comecei os estudos na área da espiritualidade e desde lá já passou 15 anos. Hoje, pode-se perceber que estou completamente mudada. É possível se transformar, fazer reforma íntima, lapidar, aprender a lidar com situações de agressividade, a lidar e até dominar a raiva. Eu sou um exemplo vivo disso.

A raiva

Que as pessoas que me conhecem atualmente dizem: “Nossa, eu nunca diria, na vida, que você é do signo de Áries!”. Olha só, né? algumas pessoas dizem: “Ah não, pelas sobrancelhas dá para ver,
você tem uma sobrancelha forte, tem uma expressão forte, e o teu raciocínio e a maneira de falar”. Ou seja, algumas pessoas mais chegadas percebem minha personalidade, mas muitos nem percebem, de tanto que já realizei reforma íntima.

Certamente ainda tenho desafios em relação à agressividade, até pelo desafio de ser do signo de Áries. Trata-se de um grupo que tem ressaltadas as características de agressividade a impulsividade, o fato de tudo ser ‘reto e direto’, e de ir direto ao ponto. Tudo isso que o signo traz é uma coisa que se tem que trabalhar ao longo da vida inteira, é um desafio que alguém faz 102 anos e vai estar enfrentando.

Assim como o perfeccionismo de um virginiano, assim como o sentimentalismo excessivo de um canceriano; então, cada pessoa que vem para a Terra tem o seu Mapa e precisa trabalhar essas questões que vem com a gente, na nossa alma, na nossa ‘caixa’, para que se possa evoluir aqui na Terra. Então todos nós temos um aprendizado a traçar aqui e a história da outra face, né? Vamos voltar para essa questão agora.

Irritação – o que fazer?

Voltando a passagem da Bíblia que falava em “dar a outra face”, Jesus falava isso (e fazia isso), porque era extremamente inteligente, um ser de alto grau iniciático. Com uma evolução incrível; enfim, era um ser iluminado. Talvez, o melhor professor que já passou aqui pela Terra, então claro que ele não era bobo, como se pode eventualmente pensar. Ele dava a outra face, justamente porque era inteligente. Dar a outra face é bem aquela questão de: se um não quer dois não brigam, entende?

Se uma pessoa não quer brigar, ela pondera, acalma, espera o fogo da outra pessoa dar uma diminuída, passar aquele momento de raiva para que, depois, haja um diálogo. E isso é possível, inclusive em situações extremas.

raiva 2

Então, mesmo que você ache impossível superar, não se preocupe, se você quiser e se você se dedicar, vai conseguir. Mesmo porque você tem inteligência suficiente para mudar o comportamento. Então, qualquer coisa que exista no nosso comportamento, em termos de problema, de sofrimento é possível usar a inteligência emocional para mudar, é só querer. Pegar as rédeas e fazer sua reforma íntima.

Como controlar a raiva

Hoje, existem tantos coaches por toda parte, tantos terapeutas, terapeutas holísticos, que você pode e deve buscar ajuda de alguém para se transformar. Você pode ser uma pessoa melhor. Algumas pessoas podem chegar a dizer que você é uma pessoa má ou não acreditar que você seja capaz de mudar. Se você acreditar nisso, não vai conseguir mudar.

Então é muito possível para qualquer pessoa se transformar, porque todos nascemos para o amor. Todos estamos nesse mundo para a vibração do altruísmo, todos nascemos para a luz, todos fomos feitos para expressar nossa beleza, para sermos felizes aqui na Terra e todos temos esse potencial de transformação, basta que se queira! E lembre-se sempre, por pior que seja o problema que você tenha que enfrentar ou que você ache que seja um defeito na sua personalidade, com persistência, com foco, você consegue mudar.

Talvez você não consiga resolver 100%, mas você consegue pelo menos administrar essas questões, quando aparecem na sua vida. É uma questão de querer, de tomar as rédeas da sua vida, de sair de onde se está e chegar no lugar que você deseja.

Gostou do texto sobre raiva e agressividade? Então não esqueça de deixar seu comentário amoroso aqui. A gente responde, pode deixar! Um grande beijo, muita luz, até o próximo post!

Patrícia Cândido e Redação Luz da Serra

Raiva – é possível controlar?
5 (100%) 1 vote

Aviso de Propriedade

Todos os conteúdos do site Luz da Serra são protegidos por copyright, o que significa que nenhum texto pode ser usado sem a permissão expressa de Luz da Serra Editora Ltda, mesmo citando a fonte.

Uma das responsáveis pela expansão da Espiritualidade no Brasil, com base nos ensinamentos dos Grandes Mestres Espirituais. É filósofa, escritora, palestrante espiritualista, CEO e cofundadora da Instituição Luz da Serra. Escreveu 11 livros, sendo 6 em coautoria, com um título entre os mais vendidos da revista Veja, e 02 programas transformacionais em áudio sobre prosperidade. Patrícia é destaque nas redes sociais produzindo vídeos no canal Luz da Serra, no YouTube, que já ultrapassaram a barreira dos 31 milhões de visualizações ao ano.

Deixe um comentário

NENHUM COMENTÁRIO