HomeO Chamado da LuzMediunidade x Animismo – uma fonte de tabus e polêmicas

Mediunidade x Animismo – uma fonte de tabus e polêmicas

Nos conteúdos anteriores, falamos sobre os bloqueios e os sinais da mediunidade que podem aparecer no seu dia a dia. Neste artigo, nós vamos falar sobre algo que pode ser confundido com mediunidade e que se o médium não cuidar, observar e trabalhar, pode prejudicar a si mesmo e outras pessoas, além de reforçar ainda mais os tabus presente há muito tempo quando se fala sobre desenvolvimento espiritual e mediunidade. Existe um fenômeno chamado animismo, e sem ele é quase impossível haver mediunidade. Ambos são confundidos com muita frequência por causa dos seus sinais, e é isso que gera os tabus na sociedade em grande parte das vezes.

Como saber diferenciar mediunidade de animismo?

A canalização de mensagens é um processo muito delicado, mas o médium que possui uma conduta moral elevada se esforça e se educa ao máximo para não colocar sua opinião ao captar as mensagens de outros seres. Um bom médium torna-se um canal de forças, energias, informações, orientações, ideias de outros seres de luz, e consegue transformar todas essas vibrações em uma mensagem fidedigna à sua fonte.

Isso significa que, ao canalizar mensagens, nada que pertença ao médium deve exercer alguma interferência ou fazer interpretações pessoais na captação e na transmissão, pois o médium torna-se apenas um instrumento por onde os seres de luz podem se manifestar. Nada do que acontece mediunicamente passa pela consciência do médium. Portanto, no processo mediúnico, a mensagem não representa o que o médium pensa ou acredita.

Já no processo anímico, a opinião do médium permeia a captação da mensagem, e ele capta coisas “do ar”, intui… De forma muito sucinta, o animismo depende das habilidades energéticas de um médium, mas não da sua mediunidade. Animismo é uma palavra derivada de anima – do latim, “alma”. Isso nos leva a entender que esse é um processo conduzido pela alma e pelas experiências anteriores que o médium leva consigo.

No entanto, só somos médiuns porque somos almas. A mediunidade é uma capacidade inerente à alma humana. Por esse motivo, a relação entre mediunidade e animismo requer muita atenção do médium para que ele não se confunda.

Perguntas eficientes para descobrir se o processo é mediúnico ou anímico

Caso você já trabalhe e desenvolva sua mediunidade todos os dias, faça para si mesmo estas duas perguntas, pois podem te ajudar a discernir um processo anímico de um mediúnico:

  • “As mensagens que recebo são endereçadas do meu íntimo para mim mesmo, ou eu as sinto como se viessem de alguém como um conselho?”. Se você consegue sentir que a mensagem vem outra pessoa, e até ouve uma voz diferente da sua, é um processo mediúnico. Se você “ouve” a própria voz, sente que vem de você, é anímico.
  • “Quando recebo mensagens, eu apenas ouço e a reproduzo como ouvi, ou coloco minha interpretação e minhas palavras ao transmiti-las?”. Se você apenas ouve e repete, é mediúnico. Se coloca suas próprias palavras, é anímico.

Simplificando tudo o que falamos até agora, mediunidade e animismo podem ser concebidos assim:

Mediunidade

Capacidade de intermediar, ser instrumento do plano espiritual, ser imparcial e não interferir na mensagem.

Animismo

Capacidade de ter ideias próprias, captar ideias que vêm da própria alma (o médium capta suas próprias ideias e expressa sua opinião).

É bem difícil um processo ser puramente mediúnico, porque o controle psíquico requer muita prática e atenção, mas existe uma espécie “desvio padrão” aceitável da interferência anímica quando canalizamos os fenômenos.

A interferência anímica diminui e a percepção mais sutil do médium aumenta com o empenho e o desenvolvimento prático da mediunidade. E nesse caminhar evolutivo, os questionamentos e a racionalização da fé e da prática são muito saudáveis e úteis para encontrarmos sentido para o que estamos fazendo. Assim conseguimos acompanhar as experiências que vivenciamos e seguir adiante no processo, aprendendo a distinguir cada fenômeno.

Para entender melhor esse assunto, recomendamos esse vídeo em que o Bruno J. Gimenes fala e reforça todo esse conteúdo escrito:

E aí? Gostou do artigo? E do vídeo? Foi útil para você saber sobre esse fenômeno psíquico chamado animismo? Deixe seu comentário aqui embaixo com sua opinião ou com sua dúvida. Se você conhece alguém que está precisando trabalhar melhor a sua mediunidade, e acha que as informações que deixamos aqui podem ser esclarecedoras, compartilhe nas suas redes sociais.

Desejamos muita luz no seu caminho de desenvolvimento espiritual! Um grande abraço e até breve!

Redação Luz da Serra

Aviso de Propriedade

Todos os conteúdos do site Luz da Serra são protegidos por copyright, o que significa que nenhum texto pode ser usado sem a permissão expressa de Luz da Serra Editora Ltda, mesmo citando a fonte.

A Luz da Serra é fruto do desejo dos amigos, e hoje sócios, Bruno Gimenes, Patrícia Cândido e Paulo Henrique T. Pereira, de transformar a vida das pessoas,trazendo bem-estar, saúde e prosperidade, a partir de uma nova consciência evolutiva através de paz, equilíbrio autoconhecimento e sucesso pessoal. Com mais de 15 anos de jornada, localizada na cidade de Nova Petropólis/RS, a instituição genuinamente espiritualista é referência no segmento da espiritualidade sem cunho religioso no Brasil. Mas na Luz da Serra também tem um bando de GENTE FELIZ que vive pelo mesmo PROPÓSITO: levar LUZ às pessoas! E que não estão neste mundão a passeio, gente linda que com a EMOÇÃO à flor da pele leva a MISSÃO da LUZ DA SERRA para onde for preciso, para onde precisar de mais SORRISOS!

2 COMENTÁRIOS
  • karoline / 28/09/2017

    Gostaria de ajuda, eu não ouço nada, apenas vejo e gostaria de entender melhor o que me acontece.
    tenho medo de ver espíritos, mas já vi algumas vezes como fumaça preta e uma vez como pessoa mesmo, sempre acontece quando acordo do nada no meio da noite.
    A maioria das vezes acontece quando estou quase adormecendo vejo umas bolinhas pretas no ar, ou passando e imagens de algumas pessoas ficam aparecendo na minha cabeça e eu pulo da cama assustada sempre, não sei se captei a energia da pessoa, mas me parece sempre ser meio sombrio. gostaria de entender melhor o que me acontece, se sou sensitiva ou outra coisa, mas ando muito conectada com Deus e sempre leio a bíblia e procuro sempre seguir seus mandamentos.
    aguardo retorno.

Deixe um comentário