HomeMestres EspirituaisDalai Lama – Perdoe o Mal | Semana do Mestre

Dalai Lama – Perdoe o Mal | Semana do Mestre

Perdoar, pedir perdão e mostrar compaixão ainda é uma dificuldade enorme para a grande maioria das pessoas. Por isso, o nosso foco de hoje é no grande mestre Jatsun Jampel Ngawang Lonbsang Yeshe Tenzin Gyatso (“Senhor Sagrado, Bondosa Glória, Eloquente, Piedoso, Sábio Defensor da Fé”, em português), a reencarnação de Avalokiteshvara, um ser conhecido no budismo como o ser de mil olhos, aquele que tudo vê, e aquele que derrama suas bênçãos e compaixão pela Terra, o popularmente conhecido como Dalai Lama.

Dalai Lama quem foi

Dalai Lama é um título dado para alguém que é um grande líder para representar o budismo no mundo. O Dalai Lama atual, o 14º da linhagem, nasceu no Tibete, no dia 06 de julho de 1935. Desde o momento em que nasceu ele foi identificado como um grande ser.

O Dalai Lama anterior (13º da linhagem) desencarnou em 1933, e havia deixado pistas sobre a região onde ele iria renascer e reencarnar, e seus seguidores foram atrás dessa criança. Na aldeia onde ela nasceu, os monges levaram uma série de objetos, colocaram todos no chão e pediram para o jovem Dalai Lama, que possuía entre 2 e 3 anos na época, escolher alguns deles. Ele escolheu exatamente todos os objetos que eram dele na vida passada, como seus óculos, sua roda de oração e seu japamala.

Dalai Lama e sua missão no mundo

A grande missão de Dalai Lama no mundo é a de nos ensinar a perdoar, nos ensinar a amar e a como ter compaixão. Desde muito jovem, ele passou por várias provações em sua vida. Uma delas foi ver o Tibete, um país totalmente pacífico, onde sua população vive o budismo em todas as suas práticas diárias, ser invadido pela China comunista de Mao Tse Tung, em 1959.

Os chineses acreditavam que a religião e a espiritualidade presente nesse país era um veneno que tornava as pessoas pacíficas demais. Dalai Lama, apenas com 18 anos, viu diversas pessoas morrendo e mulheres sendo violentadas; então ele teve de abandonar seu próprio país, atravessando as montanhas do Nepal durante o inverno apenas com poucas pessoas ao seu lado e se refugiou na região de Dharamshala, na Índia.

Dalai Lama e o perdão

Dalai Lama, desde a época em que o Tibete foi tomado, sempre fez peregrinações pelo mundo para levar paz, amor, felicidade, compaixão e perdão para todos. Apesar do acontecido, Dalai Lama perdoou os chineses afirmando que pessoas que vivem suas vidas embasadas em violência, atos terroristas e guerra são ignorantes para compreender o que é amor, perdão e compaixão.

Até hoje o Tibete vive sob domínio da China e o Dalai Lama luta por isso fazendo peregrinações pelo mundo. O grande sonho de sua vida é passar os últimos anos dessa encarnação meditando em Lhasa, onde está sua residência oficial, o grande palácio Potala.

A missão dessa semana é a de examinar os erros de seu passado e pensar se hoje, com seu aprendizado e sabedoria, cometeria o mesmo erro e se perdoar por isso. Os erros são necessários para nos ensinar a enxergar a vida de outra forma e com eles adquirimos experiência e consciência para não cometê-los novamente. Não se esqueça de que Dalai Lama dizia que “um bom processo de autoestima é construído quando sabemos nos perdoar. ”

Gostou de conhecer mais sobre Dalai Lama? Deixe seu comentário logo abaixo. Até a próxima. Muita luz!

Patrícia Cândido e Redação Luz da Serra.

Aviso de Propriedade

Todos os conteúdos do site Luz da Serra são protegidos por copyright, o que significa que nenhum texto pode ser usado sem a permissão expressa de Luz da Serra Editora Ltda, mesmo citando a fonte.

<p>A Luz da Serra é fruto do desejo dos amigos, e hoje sócios, Bruno Gimenes, Patrícia Cândido e Paulo Henrique T. Pereira, de transformar a vida das pessoas,trazendo bem-estar, saúde e prosperidade, a partir de uma nova consciência evolutiva através de paz, equilíbrio autoconhecimento e sucesso pessoal. Com mais de 15 anos de jornada, localizada na cidade de Nova Petropólis/RS, a instituição genuinamente espiritualista é referência no segmento da espiritualidade sem cunho religioso no Brasil. Mas na Luz da Serra também tem um bando de GENTE FELIZ que vive pelo mesmo PROPÓSITO: levar LUZ às pessoas! E que não estão neste mundão a passeio, gente linda que com a EMOÇÃO à flor da pele leva a MISSÃO da LUZ DA SERRA para onde for preciso, para onde precisar de mais SORRISOS!</p>

Deixe um comentário

NENHUM COMENTÁRIO