HomeMestres EspirituaisAshtar – O comandante e a sua Frota Estrelar | Semana do Mestre

Ashtar – O comandante e a sua Frota Estrelar | Semana do Mestre

Você acredita na existência de vida em outros planetas? Será que realmente estamos sozinhos nessa vastidão que é o universo? Seria muita arrogância da nossa parte acreditar que não existem outros seres vivendo em algum dos milhares de planetas, luas, sóis e galáxias que a ciência descobriu. Por isso, vamos conhecer o Comandante Ashtar e sua Frota Estrelar.

Quem é o Comandante Ashtar?

Ashtar é o nome dado a um ser de espiritualidade extremamente elevada, que seria o grande comandante de uma frota estrelar que circula a Terra com suas grandes naves. Com o objetivo de nos proteger, o Comandante Ashtar fica em uma nave-mãe, com 12 níveis, cada um representando um fluxo da realidade material, como se houvesse um planeta dentro dela, ou seja, lá dentro existem plantações, bibliotecas, animais etc.

O Comandante Ashtar trabalha com a ajuda de outros grandes mestres, e todos eles formam uma única fraternidade branca para proteger a vida na Terra. Os líderes das grandes potências mundiais têm conhecimento de sua existência, inclusive já tiveram contato com eles.

O fim do mundo

A informação da existência do Comandante Ashtar vem da literatura de grandes estudiosos e médiuns e algumas dessas pessoas já dizem ter participado de experiências dentro dessas naves da Frota Estrelar.

Em 1952, um senhor que tinha contato com o Comandante Ashtar recebeu, através de um processo mediúnico, um aviso de que se a humanidade continuasse com o comportamento autodestrutivo, o planeta Terra deixaria de existir. O motivo do contato dele foi pelo fato de não estarmos usando todo o nosso conhecimento para o bem, fabricando armas e bombas para a destruição da vida.

Um grupo de pessoas se apegou a essa mensagem e começou a se organizar para o fim do mundo, estocando suplementos e construindo esconderijos. E isso continuou acontecendo com o passar dos anos, cada vez com uma data diferente.

O mundo não acabou ainda porque devemos ter em mente que a realidade se altera o tempo inteiro, as previsões dependem de nossas ações. Quando nos consultamos para saber nosso futuro, devemos ter discernimento de que são apenas possibilidades para que possamos alterá-las. Querer saber do futuro o tempo todo não é algo saudável, pois devemos aprender a viver no presente.

ashtar 1

A carta de Ashtar para a humanidade foi enviada justamente para que as pessoas tenham a possibilidade de mudar suas atitudes em tempo. E quando o mundo realmente acabar, não adianta estocar água, comida, baterias, isqueiros, qualquer coisa que seja, pois, se realmente for o fim, não haverá nada que se possa fazer. É necessário acordarmos de vez e entender que nós não temos o controle de absolutamente nada, num minuto toda a trajetória pode ser mudada e esperamos que seja para melhor.

Expansão do pensamento

A missão da semana é deixar de acreditar apenas naquilo que você pode ver e tocar, desafiando suas próprias fronteiras do pensamento e expandindo-as, pensando que não estamos sozinhos e que, inclusive, existem grandes naves nos protegendo dos males exteriores e dos males que causamos a nós mesmos.

Lembre-se: sempre podemos contar com a ajuda do Comandante Ashtar e sua Frota Estrelar. E você, já lançou mão desse instrumento de defesa? Conte para nós abaixo e até a próxima. Muita luz!

Patrícia Cândido e Redação Luz da Serra

Aviso de Propriedade

Todos os conteúdos do site Luz da Serra são protegidos por copyright, o que significa que nenhum texto pode ser usado sem a permissão expressa de Luz da Serra Editora Ltda, mesmo citando a fonte.

<p>Uma das responsáveis pela expansão da Espiritualidade no Brasil, com base nos ensinamentos dos Grandes Mestres Espirituais. É filósofa, escritora, palestrante espiritualista, CEO e cofundadora da Instituição Luz da Serra. Escreveu 11 livros, sendo 6 em coautoria, com um título entre os mais vendidos da revista Veja, e 02 programas transformacionais em áudio sobre prosperidade. Patrícia é destaque nas redes sociais produzindo vídeos no canal Luz da Serra, no YouTube, que já ultrapassaram a barreira dos 31 milhões de visualizações ao ano.</p>

Deixe um comentário

NENHUM COMENTÁRIO