Seu corpo é uma máquina e, para funcionar, precisa de bom combustível, que pode vir de diferentes fontes

Em tempos de sustentabilidade, para cada lado que se olhe tem alguém pedindo para você economizar, apagar a luz e subir até o apartamento pelas escadas. Se tem tanta gente preocupada com a energia do planeta, será que você não deveria estar especialmente atenta à sua própria? Nesses períodos em que tudo parece um grande sacrifício, o melhor é tentar puxar o freio de mão e cuidar da ecologia interior.

Pense em seu corpo como uma máquina, que precisa do combustível de qualidade para fazer bom uso da energia. A boa notícia: ele é flex fuel, ou seja, há várias formas de alimentá-lo bem. Conheça agora algumas dicas de como melhorar sua vitalidade.

Um pouco de silêncio só faz bem

Não precisa começar essa experiência pelo salão de cabeleireiro, combinado? Até porque ficar em silêncio não significa apenas ficar de boca fechada ou deixar de escutar qualquer tipo de barulho. É, acima de tudo, aquietar a mente, e é aí que mora a grande dificuldade. “Hoje somos constantemente atraídos por estímulos externos”, diz o antropólogo Arthur Shaker Fauzi Eid, professor de meditação da Casa de Dharma, em São Paulo. “Acreditamos que nossa felicidade está fora da gente.”

Por isso, o caminho mais curto, e nem por isso mais fácil, para silenciar a mente é voltar-se para dentro de si mesma. Um bom jeito para começar é sentar-se em um lugar calmo e prestar atenção na entrada e na saída do ar. “Mas é preciso saber que esvaziar a mente é um processo que requer treino. Não é da primeira vez que a pessoa vai conseguir. Mas, com o passar do tempo, ficará mais e mais fácil”, afirma Arthur. E você será capaz de sentir os prazeres e os benefícios dos momentos de quietude em sua vida.

Um pedaço de chocolate não faz mal a ninguém

Confesse, você não esperava por essa desculpa para seu pequeno pecado. Mas é verdade. O doce, delicioso e nobre produto do cacau, é rico em triptofano, que tem o poder de melhorar o humor e a disposição ao estimular a produção de serotonina no organismo. “A substância provoca no organismo reações parecidas com aquelas que aparecem quando estamos apaixonados”, diz a nutricionista Inty Davidson, de São Paulo.

Alguém já viu um apaixonado reclamar de falta de energia? E por falar em paixão, o chocolate ainda por cima deixa o coração tinindo, segundo uma pesquisa fresquinha publicada pelo Journal of Agricultural and Food Chemistry, da Associação Americana de Química. Ela demonstrou que o alimento faz aumentar no organismo os níveis de HDL, o chamado colesterol do bem.

Mas cair de boca no marronzinho pode fazer mal para a silhueta e, consequentemente, para a energia: 100 gramas têm mais de 500 calorias. “Para ficar somente com os benefícios sem perder a forma, prefira o chocolate amargo, que contém maior quantidade de triptofano e menos açúcar e gordura”, afirma a especialista.

Foco no umbigo

Alto lá! Não vá se achando o centro do mundo, estamos falando de outra coisa. “Melhorar a energia nada mais é que elevar sua frequência. Emoções e pensamentos negativos têm uma frequência pesada. Para aumentá-la é preciso estimular pensamentos positivos e sentimentos como amor, compaixão, alegria”, diz Luciana Gerodetti, psicóloga e pesquisadora de essências florais.

Ela dá uma dica para melhorar os níveis de energia: pingue quatro gotas do floral Coraflor (uma combinação de sete florais) no seu umbigo e feche-o com a mão direita. Concentre a respiração no umbigo e vá subindo a mão lentamente até o coração, visualizando uma luz branca que limpa e expande o amor dentro de você.

Cabeça nas nuvens

Quando o combustível começa a acabar, a primeira a sentir os efeitos é a cabeça. Uma automassagem é capaz de recuperar os níveis de energia. Quem dá a receita é a fisioterapeuta Camila Lima Cheloni, da Clínica Alan Landecker, em São Paulo: toque levemente a mandíbula com as pontas dos dedos e siga até as orelhas. Tampe os ouvidos por 15 segundos, e repita os movimentos voltando pelo mesmo trajeto. Pressione o canto interno dos olhos por três segundos, e depois o canto externo. Siga o contorno das sobrancelhas e pressione levemente até o final. Quando chegar ao espaço entre as sobrancelhas, pressione por mais três segundos. Massageie o topo da cabeça e o couro cabeludo com movimentos circulares usando os polegares até a região da nuca. Finalize puxando levemente os fios.

Rir é um santo remédio

Um estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa de Saúde Oak Crest, em Loma Linda, na Califórnia, comprovou os benefícios de uma boa risada. Os níveis de três dos principais hormônios envolvidos no estresse e na queda de energia diminuíram sensivelmente quando os voluntários achavam algo engraçado. Os de cortisol caíram 39%, os de epinefrina 70% e os de dopamina 38%. E o mais curioso é que esse efeito aparece antes mesmo de o fato engraçado ser mostrado aos voluntários. Só de saber que iriam assistir a algo cômico, seu metabolismo já começava a mudar. Portanto, se não gostou da piada aí de cima, encontre uma melhor, mas não deixe de rir.

Fonte: http://mdemulher.abril.com.br/bem-estar/reportagem/viver-bem/5-dicas-voce-recarregar-energias-630614.shtml

Posts Relacionados

Seja Feliz, Saudável e Próspero

Sobre Nós

Luz da Serra 2020 – Todos os direitos reservados.

X